O Colégio da Polícia Militar (CPM) do Estado do Rio vai ganhar duas novas sedes

Blog Carioca 29 de agosto de 2012 0

O Colégio da Polícia Militar (CPM) do Estado do Rio vai ganhar duas novas sedes. Ao estilo dos estabelecimentos do Sistema Colégio Militar (do Exército) , a PM terá mais duas escolas para os filhos de seus servidores.

A sede do CPM, em Niterói, esteve ameaçada de fechamento no fim 2011 – em seu lugar, passaria a funcionar a Escola de Formação de Sargentos. Porém desde a última troca de comando, em setembro de 2011, a PM recuou da ideia, e o CPM se fortaleceu. Neste ano de 2012, um pleito pela criação de mais duas unidades foi aceito pelo Estado.

Um dos novos estabelecimentos de ensino para crianças e adolescentes funcionará no CFAP (Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças), em Sulacap (zona oeste do Rio). Lá fica o complexo que reúne instituições de ensino como a Academia D.João VI, para a formação de oficiais da corporação. A outra escola vai ficar baseada no 20º Batalhão da PM (Mesquita, Baixada Fluminense).

Novas sedes ficarão em áreas com muitas moradias de PMs

A opção pela localização das duas novas unidades de expansão – zona oeste da capital e a Baixada Fluminense – se deve ao fato de serem áreas com grande concentração de moradia de policiais militares.

O colégio atualmente tem turmas do 3º ao 9º ano do ensino fundamental e, a partir de 2013, passará a contar com o ensino médio. De acordo com o site da PM, o CPM tem 261 alunos matriculados no turno da manhã e todos recebem alimentação e transporte gratuitos. Atualmente, estudantes de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Rio de Janeiro têm – além do currículo normal – oficinas de karatê, capoeira e aulas de reforço à tarde.

A criação de duas novas unidades do Colégio da PM é uma reviravolta importante, que ocorre no atual comando, do coronel Erir Ribeiro da Costa Filho – o colégio esteve ameaçado de fechamento. Havia dúvidas quanto à continuidade das atividades da escola em Niterói, apesar do sucesso dos seus alunos.

Segundo a corporação, o Colégio da PM ficou em primeiro lugar entre as escolas de Niterói avaliadas em 2009 pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação, a quarta classificada no Estado e a 19ª em todo o País.

Em fevereiro, as aulas recomeçaram, em suspense. Em mensagem aos PMs, Costa Filho afirmou ter determinado que o Estado-Maior Geral e a Diretoria Geral de Ensino e Instrução “viabilizassem a manutenção de um conquista histórica para a família policial militar”. Segundo ele, “apresentada a proposta de preservação do CPM, o Governo do Estado acatou o pedido da Corporação”.

FONTE: O DIA

Faça um comentário »